NOTICIAS

Agência Minas Gerais | Reiniciadas as obras de recuperação do pavimento e aumento da capacidade da MG-167, no Sul de Minas

O Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) retomou as atividades de recuperação e aumento de capacidade da rodovia MG-167, entre Três Pontas e Varginha, no Sul de Minas. As obras integram o Provias, maior conjunto de intervenções em infraestrutura viária dos últimos dez anos na malha estadual.

DER / Divulgação

A vencedora da licitação recebeu a autorização de ordem de início emitida pelo DER-MG no dia 5/2 e já se mobiliza com a montagem do canteiro de obras, contratação de pessoal, deslocamento de maquinário e conferência de marcos topográficos que orientarão as melhorias em um trecho de mais de dez quilômetros entre os dois municípios.

Para a execução dos serviços, uma nova empresa foi contratada por meio de processo licitatório, em substituição ao contrato anterior que foi interrompido. As intervenções serão finalizadas em até oito meses.

O investimento representa um aporte de recursos da ordem de R$ 38 milhões oriundos de recursos do Governo de Minas e de emedas parlamentares, montante que envolve as obras a serem executadas e o fornecimento de material betuminoso.

A MG-167 é uma das rodovias mais movimentadas do Sul de Minas e, apenas com a implantação da terceira faixa, espera-se uma redução de R$ 3,8 milhões anuais em custos com acidentes de trânsito.

As melhorias no trecho beneficiam uma população estimada em mais de 230 mil habitantes e atendem diretamente os municípios de Três Pontas, Varginha, Elói Mendes, Santana da Vargem.

“Nos últimos meses, a equipe do DER-MG se empenhou muito para garantir que as obras fossem retomadas, pois sabemos o impacto positivo que isso terá na vida das pessoas, já que as melhorias vão muito além das questões de mobilidade. Representam mais conforto, segurança e desenvolvimento econômico e social”, destacou o diretor-geral do DER-MG Rodrigo Tavares.

Histórico

As obras foram temporariamente interrompidas devido ao não cumprimento das metas estabelecidas por parte da empresa que executava os serviços anteriormente, o que ocasionou a paralisação das atividades, a publicação de um distrato e a elaboração de um novo edital em setembro do ano passado.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *