NOTICIAS

Profissionais da Rede Municipal participam de capacitação realizada pelo Bolshoi para seleção de novos alunos

A Secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa (Sedec), por meio da Divisão de Educação Física, Saúde e Esporte Escolar (Defise), realizou na manhã desta quinta-feira (4) uma reunião formativa com especialistas, professores de Educação Física, Artes, Dança e coreógrafos das unidades escolares municipais para dar início a um novo processo seletivo de alunos que tenham interesse em estudar na Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, em Joinville. O encontro aconteceu no auditório da Faculdade Maurício de Nassau.

“Para nós é uma fase muito importante, como também a estadia aqui do pessoal do Bolshoi. Essa semana a gente mobilizou toda a rede, inclusive durante uma apresentação do Bolshoi na terça-feira (2) a gente oportunizou alguns diretores de estarem presentes e ontem até os alunos também foram contemplados. Já tem mais de três mil alunos que participaram da 1ª fase da seleção nos últimos três anos. Já mandamos 60 crianças para participarem da seleção lá em Joinville, Santa Catarina, onde atualmente temos 14 alunos da nossa rede no Bolshoi e tudo custeado pela Prefeitura de João Pessoa. Eu não tenho dúvidas que esses números irão aumentar”, disse com esperança a secretária da Educação, América Castro.

A diretora administrativa do Bolshoi, Célia Campos, também esteve presente nesse processo formativo dos profissionais da Sedec e falou da força que João Pessoa tem.

“Eu nunca estive num lugar onde o Bolshoi tivesse uma receptividade tão grande. E essa parceria com a Prefeitura de João Pessoa, com a Secretaria de Educação, é muito bacana porque já gerou grandes frutos desse trabalho. Hoje, a escola tem 22 estados brasileiros representados em alunos, só que o único estado, e daí eu vou falar mais de cidade, que é a capital, que tem uma ligação tão presente com a escola é João Pessoa. Hoje a gente tem lá em Joinville 14 alunos daqui, e às vezes, por mais que as pessoas achem que é um número pequeno, quando se trata de vidas, uma única vida já seria mais do que suficiente para a gente ajudar”, disse com gratidão Célia Campos.

O processo seletivo deste ano será para estudantes matriculados nas unidades escolares da Rede Municipal de Ensino de João Pessoa e nascidos em 2013, 2014 e 2015, ou seja, crianças com idade de 9 a 11 anos.

O diretor administrativo da Escola Municipal Carlos Neves da Franca acredita no projeto e que irá mobilizar dezenas de alunos para este ano. “Essa proposta eu acho que amplia as visões das crianças e oportuniza experiências práticas, pedagógicas, culturais, corporais, que eles normalmente não teriam acesso aqui. E a escola acolhe essa proposta com muita veemência, no sentido de garantir que as crianças participem desse processo. A gente já iniciou o ano com o projeto de dança na escola, então minimamente a gente vai ter aí cerca de 40 crianças participando”, disse o diretor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *