NOTICIAS

Agência Minas Gerais | Vacina Mais Minas: mais de 450 municípios promovem Dia D para ampliar cobertura vacinal 

A vacinação no Brasil já foi motivo de orgulho nacional. Referência mundial, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) desenvolveu expertise em logística e operacionalização da vacinação em todo o território brasileiro, de dimensões continentais. Nos últimos anos, a cobertura vacinal vem preocupando especialistas, pois as metas de vacinação nem sempre têm sido alcançadas. A situação acende o alerta, pois doenças contagiosas que foram erradicadas ou controladas no país podem voltar a dar as caras. Mas no que depender do Governo de Minas, esse cenário irá mudar e a imunização no Brasil será motivo de alegria novamente.

Saúde na Escola, saúde na sociedade

Uma das estratégias para mudar esse cenário, é a estratégia Vacina Mais Minas da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) – que tem o objetivo de sensibilizar a população para a importância de manter em dia o cartão de vacinação, atingindo as coberturas vacinais recomendadas pelas autoridades em Saúde. Um reforço importante para mobilizar a comunidade escolar é lançar mão do Programa Saúde na Escola, que por meio de ações intersetoriais das Secretarias de Saúde e Secretarias de Educação, estão promovendo ações de mobilização no ambiente escolar entre os dias 8 e 12/4. 

As ações que serão promovidas têm foco em ações educacionais voltadas para a abordagem da importância e da segurança da vacinação, ações de verificação da situação vacinal e a atualização da Caderneta de Vacinação, seja através de orientação aos pais para que procurem a UBS mais próxima de sua residência ou realizando a vacinação no próprio ambiente escolar de acordo com Calendário Nacional de Vacinação do Ministério da Saúde. 

Segundo Camila Helen, superintendente de Atenção Primária à Saúde da SES-MG, “as ações de mobilização social visam alcançar o aumento de cobertura vacinal em todo o território mineiro e para isso é necessária uma forte articulação entre as secretarias municipais de Saúde e Educação”. 

Camila ressalta que o Programa Saúde na Escola é uma estratégia consolidada e importante para levar a temática Saúde para dentro do ambiente escolar. “Contamos com essa estratégia de mobilização do dia 8 ao dia 13, tendo como o Dia D o sábado, dia 13 de abril, com objetivo de alcançarmos um aumento de cobertura em todo o território de Minas Gerais”, conclui a superintendente. Mais de 1800 escolas – estaduais, municipais e particulares – estão engajadas no esforço de ampliar as coberturas vacinais em Minas.

Dia D de Vacinação, vacina mais perto da comunidade  

Para o Dia D de imunização da estratégia Vacina Mais Minas, a expectativa é que mais de 450 cidades em Minas estejam com as Unidades de Saúde abertas no sábado (13/4) ou realizem ações de vacinação em locais de grande circulação de pessoas para atualizar os cartões de vacinação da população.  

A supervisão do Dia D e das ações de mobilização nas escolas são das 28 unidades regionais de Saúde. É o caso da região Sul de Minas, onde a Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Varginha vem coordenando a mobilização de 50 municípios e quase 170 escolas. 

Além das diversas ações de mobilização, a SRS está trabalhando de forma alinhada com outros órgãos e entidades. “Estamos atuando de forma intersetorial, contando com a participação integrada das vigilâncias, sobretudo a epidemiológica, junto com a atenção à saúde, em conjunto com a referência do Programa Saúde na Escola”, relata Luiz Paulo Riceputi Alcântara, superintendente da SRS Varginha. 

“Temos buscado parcerias com outros órgãos estaduais e municipais, como a Superintendência Regional de Ensino, secretarias municipais de Saúde e a secretarias municipais de Educação”, completa o superintendente.

Para reforçar a mobilização local, a SES-MG disponibiliza o material de comunicação para ser utilizado nas ações de divulgação da estratégia Vacina Mais Minas. São peças que podem ser editadas conforme informações das escolas e dos municípios. Nas escolas, o material pode ser trabalhado para incentivar os pais e responsáveis a vacinarem as crianças e adolescentes. 

O material está disponível neste link. 

Vacinas salvam vidas – atitude coletiva

Quem se vacina, além da proteção individual contra a doença para a qual se vacinou, também não transmite a doença a outras pessoas. Assim, quanto mais pessoas vacinadas em um bairro ou cidade, por exemplo, menos chances a doença tem de se propagar entre a população. É uma proteção individual e coletiva. Algumas doenças como poliomielite, difteria, sarampo e outras, ainda existem. Mas só estão sob controle porque a comunidade se protege por meio da vacinação coletiva. Porém, essa proteção está em risco com os números cada vez menores de cobertura vacinal – por isso a estratégia da SES-MG – de ampliar a vacinação por meio de ações de sensibilização e vacinação extramuros – é tão importante. Durante a ação Vacina Mais, Minas, todas as vacinas oferecidas gratuitamente pelo SUS (Sistema Único de Saúde), tanto as de rotina (disponíveis o ano todo) como as de campanha (oferecidas em períodos específicos de acordo com as sazonalidades de cada doença) serão oferecidas a toda população. 

São elas:

1. BCG

2. Hepatite B

3. Penta

4. Pólio inativada

5. Pólio oral

6. Rotavírus

7. Pneumo 10

8. Meningo C

9. Febre amarela

10. Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola)

11. Tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e

varicela)

12. DTP

13. Hepatite A

14. Varicela

15. Difteria e tétano adulto (dT)

16. Meningocócica ACWY

17. HPV quadrivalente

18. dTpa

19. Influenza (ofertada durante Campanha anual)

20. Pneumocócica 23-valente (Pneumo 23)

Para saber mais sobre as vacinas oferecidas no PNI e o calendário rotineiro de vacinação, acesse o site www.saude.mg.gov.br/vacinamaisminas

Investimento na vacinação extramuros e Vacimóvel

O esforço do Governo de Minas para ampliar o alcance da vacinação e aumentar as coberturas vacinais no estado, se traduz em uma política pioneira no Brasil, com um dos maiores investimentos feitos por um Estado nessa área – cerca de R$ 265 milhões investidos em vacinação em Minas Gerais. 

Dentro da estratégia de vacinação extramuros, as cidades mineiras estão recebendo incentivos do Estado para a aquisição dos Vacimóveis, uma van adaptada para que seja um pequeno centro de vacinação itinerante, equipada com refrigeração, pia para higienização, cadeiras e mesas, além de armários e com toda estrutura adequada para que as equipes de vacinação realizem seu trabalho com eficiência e segurança. 

Com o Vacimóvel, os municípios podem levar as vacinas “onde o povo está”, reforçando uma das principais diretrizes da SES-MG nesta gestão, que é levar a saúde mais perto do cidadão.

Para a aquisição dos veículos adaptados, o incentivo financeiro total da SES-MG supera os R$ 100 milhões. De acordo com o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti, todos os municípios acima de 50 mil habitantes receberam recurso para ter seu próprio Vacimóvel, e os demais serão contemplados por meio dos consórcios de saúde, que também receberão recurso para compra, num total de 253 veículos. 

“Temos a convicção que a vacinação extramuros é fundamental para ampliarmos a cobertura vacinal em todo o estado. Além da ação de rotina nos postos de saúde, nossa estratégia é levar a vacina para perto das pessoas, nas praças, rodoviárias e onde realmente a população circula”, destacou. 

Para o subsecretário de Vigilância em Saúde da SES-MG, Eduardo Campos Prosdocimi, a estratégia permite “ampliar o alcance das equipes de vacinação, ao implementar ações extramuros e itinerantes, o que permite que aquela parcela da população que, por qualquer motivo, não pode se deslocar aos centros tradicionais de vacinação, possam receber sua dose de imunizante”, disse o subsecretário. 

Outra novidade é o investimento de mais de R$ 165 milhões para premiar os municípios que melhorarem a sua cobertura vacinal. A ideia é incentivar que os municípios alcancem os índices de vacinação recomendados pelas autoridades de saúde.

Alcançando resultados

Os esforços da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES – MG), para aumentar as coberturas vacinais vêm dando resultados. “No último ano de 2023 e também 2022, temos um cenário da vacinação no estado que vem apresentando melhoria significativa nos índices de vacinação”, afirma Eduardo Prosdócimi, subsecretário de Vigilância em Saúde da SES-MG. 

Segundo o secretário, no período pré-pandemia até o início da pandemia, Minas vinha registrando quedas nos índices vacinais. Com as diversas ações da SES-MG que buscam o aumento das coberturas vacinais, os índices vêm apresentando melhoras significativas. Segundo Prosdócimi, “isso se dá graças ao grande objetivo que a SES-MG tem de aumentar os índices de vacinação”. Para o subsecretário, o projeto estratégico Vacina Mais Minas é “um projeto inovador que faz grandes investimentos no aumento da cobertura vacinal em Minas. “Somente no ano passado, foram mais de R$ 265 milhões investidos”, finaliza Eduardo.

Para saber mais, acesse: www.saude.mg.gov.br/vacinamaisminas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *